Foto por rawpixel.com em Pexels.com

Como começar um negócio de tradução

Já pensou em começar uma carreira como tradutor? Já trabalha com tradução mas ainda não tem um site? É um pouco difícil estimar a quantidade de buscas mensais no Google para o assunto tradução uma vez que muitas pesquisas são sobre aplicativos de tradução automática, porém existem diversas buscas específicas como “tradutor freelancer” ou “empresa de tradução” que obviamente são sobre a contratação de serviços. Apenas nesses termos são milhares de pesquisas todo mês. Para aparecer nessas buscas é fundamental ter um site.

Pré-requisitos para a profissão

silver macbook pro

Foto por rawpixel.com em Pexels.com

Em primeiro lugar é importante entender que tradução é coisa séria. Ser nativo no idioma destino da tradução é fundamental para entregar um bom trabalho. Escrever muito bem no idioma destino, com todas as regras gramaticais também.

Se você não é do tipo que tiraria 9 ou 10 numa redação do ENEM é um pouco complicado achar que será um bom tradutor. Muitas pessoas que estudaram Letras e/ou Jornalismo podem encontrar na tradução um mercado bastante promissor. Existe ainda o tradutor juramentado, que é o tradutor que passou num concurso público na Junta Comercial do seu estado e está habilitado para tradução de documentos públicos exigidos pelo governo.

Se é importante ser nativo no idioma destino é muito importante também ser fluente no idioma de origem. Ter vivido num país onde o idioma é língua oficial é um bônus, mas é possível ter estudado bastante o idioma a ponto de assistir filmes sem legenda. Conhecer o idioma, sua gramática e principalmente expressões idiomáticas é fundamental para fazer um bom trabalho. Já vi muita tradução mal feita (inclusive em legendas de séries e filmes) onde uma expressão foi traduzida “ao pé da letra” e o significado se perdeu!

Um estudante de letras obviamente tem vantagem na questão gramatical, mas nas expressões idiomáticas mais modernas pode se atrapalhar se não estiver atualizado sobre a cultura do país.

Outro pré-requisito importante: conhecer o assunto sobre o qual você está traduzindo. Muitas áreas técnicas tem todo um conjunto de termos e expressões específicas que perdem o sentido se não forem traduzidos corretamente. Os trabalhos mais caros atualmente e com maior recorrência de contratação são técnicos. Quer ser um tradutor de tecnologia? Estudo tecnologia, computação e inovação nos 2 idiomas. Quer ser um tradutor de saúde? Estude biologia, medicina e saúde nos 2 idiomas, e assim por diante.

Começando seu trabalho de tradução

adult blur books close up

Foto por Pixabay em Pexels.com

Se você se identificou com os pré-requisitos acima mas nunca fez um trabalho de tradução eu sugiro começar traduzindo músicas, episódios de séries e trechos de livros para testar suas habilidades. Pegue materiais que já foram traduzidos, faça a sua própria tradução e compare os resultados.

Um assunto que gera bastante polêmica são as traduções gratuitas feitas por amadores. Muitas vezes um determinado livro ou série não ganha versão oficial no país devido ao excesso de traduções amadoras que diminuem o potencial do mercado. Quando você atrapalha uma tradução de chegar oficialmente no país você acaba diminuindo o potencial comercial daquele produto para o mundo e pode acabar fazendo com que um produto cultural seja descontinuado.

Portanto enquanto estiver estudando não disponibilize publicamente trabalhos que ainda não tem tradução. Porém você pode enviar para a empresa detentora dos direitos oficiais para pleitear uma vaga como tradutor.

Estruturando seu site

Parte técnica

Escolha uma domínio que te identifique facilmente. Como existe um domínio específico para tradutores (.TRD.BR) é fácil conseguir um domínio que seja seu nomesobrenome.trd.br

Escolha um layout que seja responsivo (funcione bem em qualquer tamanho de tela), hoje 80% dos brasileiros acessa a internet apenas do celular. Um site responsivo vai funcionar bem em desktops, tablets, celulares, TVs, etc.

O WordPress.com possui vários sites responsivos voltados para negócios que podem funcionar muito bem para o seu site de tradução, como o belo e simples Lodestar por exemplo.

temas responsivos de negócios.png

Seu marketing

Conte um pouco da sua história

Quando você se apaixonou por escrever? Como conheceu os demais idiomas? Não economize na sua história. Em geral as pessoas compram produtos e serviços por uma conexão emocional com o fornecedor. Se você possui estrangeiros na família, se já morou fora, se é fã de algum produto cultural, vale tudo (desde que seja tudo verdade) para convencer seu cliente de que você é o melhor tradutor que ele pode contratar.

Mostre um pouco dos seus trabalhos

Trechos de tradução que as pessoas possam ler para comparar sua eficiência são bem vindos. Lembre-se de não colocar trechos longos demais para não infringir nenhum tipo de direito autoral. Em geral um parágrafo é suficiente.

Se você faz um trabalho voluntário de tradução para alguma entidade provavelmente eles devem deixar você exibir parte desse trabalho mais livremente.

achievement adult african afro

Foto por rawpixel.com em Pexels.com

Deixe seus contatos e forma de trabalho

Informe suas redes sociais, formas de contato, dinâmica de trabalho (como as pessoas te pagam, como enviam os originais, quais os prazos esperados, etc.)

Veja dois exemplos de blogs de tradutoras hospedados aqui no WordPress.com:

Procure empresas estrangeiras

Empresas de origem estrangeira com escritórios no Brasil estão sempre procurando serviços de tradução, se você conhece a área técnica dessa empresa tem grandes chances de encontrar novos clientes abordando-os através dos próprios sites ou nas páginas do Facebook e LinkedIn.


Quer saber mais sobre como começar um site do zero e divulgar sua marca? Dê uma olhada nos links abaixo:

cmparar-planos.png

5 Comentários

  1. Romildo Junior

    Belo POST!!

  2. Celso-almeida&cia 63-999532044

    Estou catando milho ainda leigo !

  3. aureabraun

    Gostei do post!

  4. dinhotaroco

    Muito bom

Não use esses comentários para fazer perguntas, pedir suporte ou informar erros. Para isso, use os nossos fóruns ou o entre em contato com nossa equipe de suporte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu novo blog ou site gratuitamente

Comece agora

%d blogueiros gostam disto: