Como entrevistar pessoas para o seu site ou blog: 16 dicas de profissionais

Saiba quando usar entrevistas, como encontrar os entrevistados e como estruturar as perguntas nesse artigo!

Existem diversos motivos para usar entrevistas no seu site ou blog:

  • Pessoas tem interesses em outras pessoas, entrevistar gente interessante pode gerar bastante tráfego.
  • Entrevistar é uma ótima forma de fazer networking, principalmente com profissionais que não são muito assediados, todo mundo aprecia uma boa oportunidade de contar sua história.
  • Entrevistas podem aumentar a relevância do seu conteúdo: consultar um especialista sobre o assunto que você está escrevendo torna seu texto mais confiável.

Atualmente eu faço entrevistas por e-mail ou Skype. No Skype eu uso um programa para gravar as conversas assim eu posso repassar a conversa depois sem perder detalhes. Entrevistar por telefone também é uma boa opção, aqui nesse artigo do Tecmundo tem algumas recomendações de gravadores para celulares.

Entrevistar alguém famoso com certeza vai te gerar um ótimo retorno de tráfego, networking e relevância, mas também pode gerar muita frustração. Pessoas famosas ou de muita relevância profissional recebem muitos e-mails e não conseguem atender todos os pedidos de entrevista. Meu conselho é você começar com pessoas menos ocupadas, que estão se destacando em suas áreas e aos poucos ir mirando em pessoas mais influentes, quando seu site ou blog ficar mais famoso vai ser mais fácil falar com pessoas mais ocupadas.

slide_search

Nem sempre você vai encontrar o e-mail da pessoa dando sopa por aí, por isso saber pesquisar pessoas nas redes sociais (LinkedIn, Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, etc.) ajuda muito. Se você não conseguir enviar uma mensagem talvez valha a pena comentar em algum post explicando o motivo da entrevista  pedindo um contato ajude.

Executivos costumam ter uma assessoria de imprensa que cuida da empresa em que trabalham e acabam intermediando essas entrevistas, da mesma forma que artistas muitas vezes tem um assessoria de imprensa para cuidar de sua carreira. Nesses casos descobrir quem é a assessoria e criar um bom relacionamento com os assessores é fundamental.

Ao final da entrevista lembre-se sempre de pedir fotos para ilustrar seu artigo e perguntar como seu entrevistado gostaria de ser creditado (nome e profissão).

Para conseguir entrevistas presenciais uma boa dica é comparecer a eventos, praticamente todo palestrante reserva um tempo para conversar com a audiência mesmo que não esteja devidamente credenciada como imprensa.

Apesar de fazer constantes entrevistas aqui no blog do WordPress.com eu achei que seria mais interessante convidar 4 jornalistas para complementar esse texto com suas dicas. São profissionais que eu conheço pessoalmente e admiro profissionalmente, espero que vocês aproveitem essas dicas tanto quanto eu!

Rafael Sbarai

rafael-sbarai-300x300Supervisor Executivo de Esporte do Grupo Globo e Professor dos cursos de graduação e pós-graduação de Jornalismo e Comunicação e Marketing da FAAP.

1) Seja objetivo e evite e-mails longos. Seu possível entrevistado recebe milhares de e-mails e, no meio de tanta mensagem, tem o seu. Coloque, logo no título, a expressão “entrevista”, acompanhada do assunto. No corpo do texto, identifique-se, fale sobre seu blog – com link – e escreva brevemente quais são suas intenções e objetivos, com um prazo razoável de resposta, para que o conteúdo seja avaliado.

2) Evite enviar questionamentos anexados ou perguntas que leve o entrevista a responder apenas “sim” ou “não”. Prefira usar termos como “por que”, “o que”. Importante: mantenha sua opinião fora de qualquer questionamento.

3) Surpreenda seu entrevistado. Demonstre conhecimento sobre o assunto em questão. Seja sensacional sem ser sensacionalista. Forneça seu telefone, caso esteja interessado em ampliar o papo.

Ana Freitas

Ana Paula FreitasEspecialista em produtos digitais com foco em conteúdo.

4) Nunca vá para uma entrevista despreparado. Pesquise sobre a trajetória do seu entrevistado, leia entrevistas anteriores, trabalhos que ele já publicou etc. Esse material vai te despertar dúvidas, curiosidades e permitir que você relacione os fatos e construa perguntas.

5) Evite perguntas muito abrangentes tipo “conte o que você faz” ou então perguntas mal formuladas, tipo “qual a importância das redes sociais?”. Isso mostra despreparo e não desperta boas respostas. Nesses casos, uma abordagem melhor seria “qual a parte da sua trajetória profissional que você considera mais significativa” e “qual o papel das redes sociais na sua área específica de atuação?”, por exemplo.

6) Deixe claro que se trata de uma entrevista, onde ela será publicada e em que contexto. No entanto, jamais permita que seu entrevistado “aprove” o texto final. Você pode mandar pra ele o link depois de publicado, mas nada de mandar pra ele antes para que ele faça alterações. É uma boa prática corrigir erros de português em entrevistas por e-mail e, nas transcrições de entrevistas por áudio, transformar a narrativa para um formato mais adequado à linguagem escrita.

7) Entrevistas por e-mail são práticas, mas conversas por áudio ou telefone são mais rápidas e rendem mais conexão pessoal e mais informações. Mesmo assim, se optar por e-mail, será preciso ser muito mais específico e certeiro nas perguntas. Você corre o risco de obter respostas monossilábicas.

8) Se você não estiver produzindo uma peça jornalística que exija distanciamento da fonte, mas sim um texto informativo para o seu blog ou para outra plataforma, nada impede que você intercale as perguntas com as suas impressões e experiências pessoais e transforme a entrevista em uma conversa em que os dois lados trocam, acrescentam e constroem. Isso inclusive torna o material mais rico pros seus leitores. 🙂

Liv Brandão

Liv BrandãoRepórter do Segundo Caderno, do Globo.

9) Pesquise sempre, pesquise muito sobre aquele personagem e o trabalho dele, leia outras entrevistas para sacar detalhes que valham a pena ser desdobrados em uma nova entrevista.

10) No caso de entrevistas na área cultural, que é a que eu cubro, é importante saber do produto que está motivando a entrevista: ouvir um disco, debruçar-se sobre as letras, atentar para os detalhes sobre uma série ou filme, e o também o que está por trás das câmeras.

11) Leve assuntos atuais para a entrevista, às vezes seu entrevistado pode ter ótimos insights sobre toda a maluquice que vem acontecendo no mundo, e pode te dar um ótimo link entre a obra dele e o noticiário.

12) Deixe o pior para o final. Já vi entrevistas serem estragadas logo de saída por perguntas polêmicas – que devem, sim, ser feitas. Comece pelo começo e guarde a parte mais delicada para quando você já tiver o que precisa em mãos.

Viviane Duarte

Viviane DuarteJornalista e fundadora do Plano Feminino – Consultoria de conteúdo para construir narrativas sem estereótipos na propaganda

13) Antes de entrevistar uma fonte/personagem, leia sobre a pessoa e compreenda sua história e momento de vida. É terrível entrevistar uma pessoa sem conteúdo suficiente para interagir com ela. Para ter um bom conteúdo em mãos você precisará mergulhar no universo do entrevistado.

14) Procure ser objetivo nas perguntas. Se a entrevista for por email evite mandar mais de 5 perguntas. As pessoas têm cada vez menos tempo para escrever respostas. Uma boa dica: entrevistas feitas pessoalmente têm um potencial maior de gerar melhores conteúdos, pois você conseguirá detalhes de comportamento e pensamentos do entrevistado, que numa entrevista via call ou email acabam se perdendo.

15) Nunca faça uma matéria com uma pessoa e deixe de publicar, seja por falta de tempo, ou do que quer que seja. Além de demostrar desrespeito com a pessoa que dispôs tempo e atenção a você, demostra falta de organização e comprometimento profissional. Caso aconteça algum imprevisto, avise o entrevistado e dê um retorno sobre a publicação.

16) O segredo para uma boa entrevista é ter empatia e conteúdo para trocar com o entrevistado. Quanto mais você souber sobre ele, mais possibilidade de conseguir bons furos e novidades você terá.


Se você gostou do texto acima talvez se interesse também por esse outros artigos:

cmparar-planos.png

Crie seu novo blog ou site gratuitamente

Comece agora

%d blogueiros gostam disto: