A volta do feed RSS? Outra alternativa para fugir da bolha do Facebook

O que é um feed RSS?

rss-8645_640

Símbolo do RSS

O feed RSS é um formato criado originalmente para distribuir conteúdos de um computador para outro. Uma agência de notícias produzia seus artigos em RSS e os veículos que recebiam notícias dessa agência se conectavam no servidor e puxavam automaticamente os textos mais novos, muitas vezes publicando-os sem intervenção humana.

As primeiras ferramentas de publicação de conteúdo, incluindo o WordPress, já tinham embutido a tecnologia para fornecer os posts em formatos RSS. Logo surgiram alguns aplicativos onde você adicionava seus blogs preferidos e toda vez que você acessava sua conta nesse aplicativo ele puxava, através do RSS, os artigos que você ainda não tinha lido em toda a sua lista. Você não precisava mais visitar cada um dos blogs individualmente, não perdia nenhum texto e ficava bem informado. Esses aplicativos eram conhecidos como agregadores RSS.

Um pouco de história

Num passado não muito distante (eu confesso que achei que fazia mais tempo), entre 2002 e 2012 aproximadamente, a forma preferida para ler blogs era usando um agregador de feeds RSS.

Com o surgimento e popularização das redes sociais os leitores passaram a seguir seus blogs preferidos no Twitter e Facebook, a migração de leitores foi tão intensa que em 2013 o Google encerrou o serviço mais popular de leitura de feeds RSS, o Google Reader.

De lá pra cá, muita coisa mudou, a quantidade de usuários nas redes sociais cresceu exponencialmente, outras pessoas e empresas começaram a produzir conteúdo regularmente e tornou-se impossível para o Facebook entregar o conteúdo dos blogs para todos os fãs das páginas, um algoritmo passou a decidir se cada post era interessante ou não para o leitor, em caso negativo esse post não aparece na timeline daquele fã, ficando o alcance da página reduzido a um percentual pequeno da audiência de antigamente.

Com a mudança no Facebook os blogueiros diversificaram e muito sua presença digital, procurando alcançar o leitor em outras redes sociais como Twitter, Linkedin, Instagram e Snapchat para citar alguns exemplos.

Porém a ideia de entregar conteúdo regularmente para sua audiência se perdeu, mesmo nessas plataformas há uma disputa muito grande pela atenção e nem sempre o horário de publicação do blog coincide com os hábitos de leitura dos seus seguidores e o leitor acaba perdendo as suas atualizações.

google_reader_overload1

Era assim que as pessoas liam notícias na década passada

Como voltar a ler seus blogs preferidos através de RSS

As ferramentas de publicação de blog ainda fornecem os posts através de feeds RSS e depois da morte do Google Reader surgiram outros leitores de RSS que você pode utilizar.

O mais popular deles é o Feedly, ele possui um plano gratuito que permite adicionar até 100 feeds, o que é o suficiente para a maioria das pessoas.

Feedly.png

Você pode criar uma conta rapidamente usando seus dados do Facebook ou Google e para adicionar seus blogs basta inserir a URL que o Feedly descobre qual é o endereço do feed RSS.

Inserir Blogs.png

Para inserir blogs clique no sinal de + circulado a esquerda e digite a URL do blog a direita

Se você preferir usar outros aplicativos talvez seja preciso saber o endereço exato do RSS. Em qualquer blog hospedado no WordPress.com basta adicionar /feed/ no final, por exemplo, o feed RSS desse blog aqui é https://br.blog.wordpress.com/feed/

Não deixe mais o Facebook decidir que notícias você irá ler, crie uma conta gratuita no Feedly, adicione seus blogs preferidos e instale o aplicativo mobile para facilitar seu acesso a informação em qualquer lugar.


Se você gostou desse texto talvez goste também desses artigos:

cmparar-planos.png

8 Comentários

Comentários encerrados.

  1. Fiapo

    Usava o Google Reader, passei a usar o Feedly e de alguns meses para cá troquei para o Inoreader, acho um excelente leitor. De qualquer forma precisamos fomentar o uso dos feeds e reduzir o impacto do Facebook nas nossas vidas.

  2. Juliano Theiss

    Eu estou usando o inoreader também e recomendo!

  3. Cristiano Batista

    Acho que as Mail Lists (mailchimp manda abraços) também podem ser ferramentas poderosas na distribuição de conteúdo digital.

  4. Thiago

    O “Leitor” aqui do WP.com cumpre perfeitamente a tarefa de agregar feeds de sites de qualquer origem. Uso bastante ele.

  5. Carolina Moreira

    interessante 😉

  6. superdanilof1

    Eu ainda não entendi como usar esse RSS Feed

  7. Pingback: Sharing Love #15 » Necessidade Basica
  8. Sheila da Luz

    Gostei do artigo, me ajudou muito.

%d blogueiros gostam disto: